quarta-feira, 14 de setembro de 2011

Ser mãe é padecer aqui mesmo!



Um dia como outro qualquer, minutos antes de retornar (obrigatoriamente) ao trabalho depois do almoço (moleza, calor, má vontade, enfim...), meu filho de 10 anos olha para mim e (sem dó nem piedade) me diz:

- Mãe, amanhã eu tenho que levar um trabalho pra escola sobre sexualidade na adolescência.

Meu estômago encolheu, meus olhos (certamente) arregalaram, meu queixo sentiu a temperatura do chão, minha boca secou e, sim, devo lhes dizer que tudo isso aconteceu em centésimos de segundos.
Diante da notícia estapafúrdia (Deus, essas professoras não têm mais o que fazer???), eu (uma mãe tão imbecil quanto todas as outras) só pude perguntar:

- Por quê????

E ele (frio como um cubo de gelo) me responde:

- Mãe (significando: "deixa de ser retardada")... é um trabalho da escola.

Bem, nada no mundo convence uma mãe do óbvio: seu filho está crescendo.

- Mas você só tem 10 anos!!!

Então (como se não bastasse, sou novamente humilhada) eu ouço:

- Mãe, não se preocupe, eu vou ser pra sempre o seu bebê.

E a imbecil ainda pergunta:

- Jura???

- Sim. Agora me ajude a arranjar uma variação do tema... pode ser a importância da higiene... parece bom, não é?... ninguém vai falar sobre isso...

Higiene??? Que alívio para uma mãe desesperada!!!

- Você pode falar sobre higiene???
- Sim, posso.
- E você tem alguma dúvida? - (agora sim entra em cena a "mãe didática", "sabe-tudo", pronta para ajudar seu querido filho nessa hora tão difícil).
- Sobre o quê? - (novamente meu queixo vai ao chão, mas eu continuo forte).
- Sobre "isso"... sei lá, alguma coisa que a professora disse que você tenha achado estranho... alguma pergunta...
- Não...
- Não??? (Oh Senhor... agora sim, tudo está perdido!).
- O que você quer saber? Menstruação? Como são feitos os bebês? Desenvolvimento do feto?

Imaginem a minha cara... bem, estava muito pior que na imaginação de vocês.

Ah, sábio Vinícius, como diria você: "Filhos... para que tê-los?"
Bem... mas se não os temos, "como sabê-los?"



Sem comentários:

Enviar um comentário

Grata por registrar sua visita.