sexta-feira, 15 de fevereiro de 2013

Falando em reaproveitamento...





Então... Em meio à bagunça de uma reforma, pregos, lixa, tinta, massa acrílica e muito retalho de tecido (mãe costureira, já viu, não é?), eis que vejo um banco no meio da bagulhada que esperava o caminhão do lixo passar.


Mmmmmmm... acho que isso pode ser útil e ainda pode ficar bonitinho. Bem... Mãos à obra!



Lixei o banco todo só para tirar as felpas (é assim mesmo que se diz) da madeira já surrada pelo tempo.




Pintei com tinta acrílica branca (duas demãos).




Esperei secar a tinta e lixei de novo só para acabar com o que restava de felpas e fazer aparecer um pouco a madeira (acho o rústico em alguns móveis um charme).




Peguei retalhos de tecido de decoração (seda bordada) e fiz a parte inferior, os pés, o rabo e a cabeça de uma "suposta" tartaruga.




Enchi com manta acrílica os pés, o rabo e a cabeça antes de costurá-los no tecido que seria a parte inferior. Lembre de costurar todas essas partes sobre o lado direito do tecido. Ou então ele ficará do avesso no final da montagem.





Usei linho e quadradinhos de algodão bordado estampado para fazer o que seria o casco da tartaruga.




Na hora de unir o casco com a parte inferior, ponha todas as parte externas para dentro e cheque os tecidos que devem estar do avesso.




Deixe uma parte aberta para que possa ser colocado o recheio no corpo da tartaruga (manta acrílica ou um pedaço de espuma para sofá). E costure depois que estiver colocado o enchimento.




Use botões ou fuxico para fazer os olhos e borde os pontinhos do nariz com agulha e linha. Use a tartaruga como almofada para o banco. Olha só que lindo! Em pensar que tudo isso iria para o lixo. :D















Sem comentários:

Enviar um comentário

Grata por registrar sua visita.