quarta-feira, 22 de maio de 2013

Na rede a comentar... 15



Página Língua Portuguesa - Facebook



Tendo por base alguns comentários na página, mais uma de minhas incontinentes opiniões:


Sou linguista e não aceito as teorias de evolução e variação linguística de Marcos Bagno e outros autores como Magda Soares.
Tudo que é demais sobra em qualquer situação, mesmo em se tratando de evolução de idiomas. Essa história de aceitar que a Língua Portuguesa seja falada de qualquer jeito com a desculpa de, com esse ato, estarmos demonstrando respeito pelo outro está descaracterizando e muitas vezes enfeiando esse idioma que é um dos mais bonitos e ricos do planeta. Mania das pessoas de não pensarem por si mesmas e aceitarem teorias de ditos "pensadores" (como se ninguém mais pensasse) só porque assim são chamados.

Além do mais, está nítido que a questão aí, na tirinha, é perda de valores morais. E valor moral é proporcional ao nível de educação (profundidade ao seu significado, please) que recebemos, de conhecimento (diferente de informação) e de nossa proximidade da Arte. Ao nos afastarmos disso tudo, nos afastamos do que nos faz humanos e nos diferencia dos outros animais: a consciência que temos de nós mesmos, do espaço a nossa volta e dos nossos atos. Quanto menos evolução, menos fala, mais grunhidos, escrita, então, nem pensar. Por essas e outras o mundo está cada dia mais cheio de Neanderthalensis Hodiernis.

Concordo que haja variação linguística, mas tudo tem limite (nunca aceitarei, por exemplo, a retirada do trema e essa maldita involução moral, em muitos sentidos, da sociedade).


Sem comentários:

Enviar um comentário

Grata por registrar sua visita.